Carregando...

“ Sou curitibana de coração! ” declara Ety Gonçalves Forte

Postado em

 

Curitiba, 23 de Abril de 2018

 

Sou curitibana de coração!

           

Escrever uma carta para a cidade que me acolheu de braços abertos é uma tarefa fácil. Curitiba tem sido ao longo dos anos o cenário de desafios, lutas e muitas conquistas em minha vida.

Nasci em São Paulo e vim jovem para a cidade. Quando aqui cheguei, junto com o meu esposo e as minhas duas filhas mais velhas, Curitiba era pequena, tinha poucos carros, pouquíssimos prédios e uma população de 360 mil habitantes. A cidade me acolheu melhor do que eu esperava. As raízes da minha família aqui se estabeleceram. Curitiba é a cidade natal da minha filha mais nova e foi o local em que criei as minhas meninas. Hoje, posso dizer: sou curitibana de coração!

Foi em Curitiba que desenvolvi meu trabalho, minha arte. Também foi na cidade que recebi um convite que muito me encantou: assumir a presidência da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, à época mantenedora de um pequeno hospital pediátrico, o Hospital de Crianças César Pernetta. Eu tinha um desejo enorme de fazer algo útil na cidade e meu coração de voluntária sempre pulsou mais forte com a possibilidade de ajudar.

Então, aceitei o convite do estimado pediatra Plínio de Mattos Pessoa, um defensor da causa da saúde infanto juvenil, mas não tinha ideia do que iria encontrar pela frente. No hospital, o trabalho era feito com muito esforço e inúmeras dificuldades. Mas eu estava pronta para tudo, e dar melhores condições ao tratamento das crianças tinha se tornado meu desafio pessoal. Eu passava os dias no hospital, que se transformou em minha segunda casa e também das minhas filhas, que nele passavam boa parte de seus dias.

Quanto mais era feito pelo Hospital de Crianças, mais precisávamos fazer. Chegou um momento em que sua estrutura já era pequena para tanta demanda. Era preciso crescer. Assim, plantei a semente para a realização do meu projeto mais ousado: a estruturação do Hospital Pequeno Príncipe, anexo ao antigo hospital. Nesse projeto, investi meu tempo e minha energia em uma trajetória que já soma mais de 50 anos de atuação.

O sonho do Pequeno Príncipe tornou-se realidade somente com o apoio e a contribuição da sociedade curitibana e brasileira, que abraçaram – e abraçam até hoje – essa ideia com muito carinho. Atualmente, a instituição é o maior hospital pediátrico do Brasil e tem, todos os anos, proporcionado mais saúde e vida a milhares de crianças e adolescentes de todo o país, com foco nos atendimentos de alta e média complexidade. Ao lado da Faculdades Pequeno Príncipe e do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, faz parte do Complexo Pequeno Príncipe, que multiplica as ações de assistência, ensino e pesquisa. Em sinergia, cuida ainda mais das crianças e salva mais vidas.

Curitiba me acolheu com tanto amor e eu busquei retribuí-la. Hoje, depois de tantos anos aqui vivendo, posso reafirmar o que senti ao chegar nesta linda cidade: Curitiba é a minha casa, é o meu lar.

 

Ety Gonçalves Forte

Presidente voluntária da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro. Complexo Pequeno Príncipe, do qual faz parte o que hoje é o maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil, junto com a Faculdades Pequeno Príncipe e o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe.

Enviar por e-mail