Carregando...

“Curitiba, gratas recordações!”, conta Ana Itália Paraná Mariano

Postado em

Das recordações da minha infância, os passeios e visitas a Curitiba constituem um capítulo à parte.

Lembro de passear de mãos dadas com minha avó Itália, sempre elegante, de salto agulha, luvas e muitas vezes de chapéu pela Rua XV, e das idas com meu avô Naby ao Passeio Público, com seus mais diferentes  animais que me encantavam,  pedalinhos, pipoca e balão de gás. Ou os passeios ao Cristo Rei onde morava meu avô Brunoro. Na mesma rua ficavam as casas de suas três irmãs, visitava todas e degustava bolachas e biscoitos fresquinhos, pães, bolos e deliciosas compotas. Gratas e felizes recordações!.

Na juventude vim a Curitiba para estudar Direito, no prédio imponente da Universidade federal do Paraná.

Alguns anos depois voltei casada e com filhas a morar nessa cidade que havia se transformado em uma das melhores capitais brasileiras com qualidade de vida para se morar. Era um sonho! Sonho que vivo a quase quarenta anos tendo a oportunidade de desfrutar da bela Curitiba, limpa , organizada e excelente para se viver em vários aspectos.

A Curitiba na qual criei minhas filhas e hoje vejo minha neta crescer, aproveitando dos muitos parques, desta que poderíamos denominar tranquilamente como a “Capital Brasileira dos Parques” e das muitas feiras, eventos, festivais e das inúmeras festas natalinas que Curitiba nos proporciona.

Declaro-me uma lapeana apaixonada por Curitiba, feliz por ter tido a oportunidade de viver, crescer e desfrutar culturalmente de tudo que a cidade  nos oferece e em minha área de trabalho, ter tido a oportunidade de colaborar na implantação do MAI ( Museu de Arte Indígena), um legado à cidade e à valorização a Arte e Cultura dos Povos Indígenas dos quais Curitiba herdou inclusive seu nome!!!

Salve Curitiba!

 

Ana Itália Paraná Mariano

Natural da Lapa-Pr. Formada em Direito ( UFPR ). Pós-Graduada em Museologia ( EMBAP ). Atua como curadora e marchand desde 1.999 

Juntamente com sua filha Ana Silvia Paraná Mariano Kerin ( designer, curadora e professora de História da Arte) já realizou 63 exposições individuais e coletivas de artistas como Poty Lazzarotto, Antônio Arney, entre outros, Coleção MAI( no Museu Oscar Niemayer

Enviar por e-mail