Carregando...

Sueli Sanson

Postado em

NÃO ACREDITO EM CONCORRÊNCIA

Sueli começou fazendo fotos comerciais e também produção para agências de propaganda em São Paulo. Fez reportagens, macro e micro fotografias, mas gosta mesmo é de Portrait, principalmente quando os modelos são mulheres e crianças. Trabalhou em vários Estados Brasileiros, mas foi em Curitiba que sua arte foi reconhecida. Em cada região que vai, faz estilo de fotos de acordo com o nível cultural e social de cada pessoa. Irrequieta, comunicativa e descomplicada, ela segue a sua veia artística sempre com a câmera na mão esperando o momento certo para registrar com técnica, caras e poses de quem a requisita.

 

SUELI – o estrelismo no profissionalismo abala a estrutura e a ética.

TODO O TRABALHO DE CRIAÇÃO É ÚNICO, todos fazem. Uns melhores e outros piores, as pessoas procuram ser profissionais de acordo com seu estilo de vida e de suas posses.

O SEGREDO PARA UMA BOA FOTO É A DESCONTRAÇÃO da pessoa fotografada com o seu profissional. Aprender sempre é o ideal.

O CUSTO DAS FOTOS É ELEVADO pelo próprio material utilizado, e também pela manutenção do equipamento, bastante dispendioso. Mas, se levarmos em conta que em uma foto deixamos registrado momentos de nossas vidas.

FOI NATURALMENTE QUE COMECEI A FOTOGRAFAR, todo o trabalho que fazemos descompromissadamente sempre dá bons resultados. Não senti dificuldades. Traço até chegar ao meu objetivo.

GOSTO MUITO DE FOTOGRAFAR PESSOAS pelo fato de registrar o seu exato momento. Para se obter uma foto artística bastam sensibilidade, harmonia e técnica.

PREFIRO AS FOTOS EXTERNAS por não ter a limitação de espaço e a luz natural é insubstituível, infelizmente Curitiba não colabora muito.

CURITIBA É UMA CIDADE PROMISSORA para qualquer área, já por isso, considerada em todo o Brasil a cidade teste. Se aqui der certo, com certeza dará também em qualquer outro lugar.

UM POUCO DE PSICOLOGIA É NECESSÁRIA para sabermos onde estamos entrando, exatamente o que vamos fazer e as necessidades de cada pessoa.

QUEM FOTOGRAFA DEVE TER PERCEPÇÃO para ver o que a pessoa fotografada deseja.

SE EVENTUALMENTE O CLIENTE NÃO GOSTAR DO TRABALHO, eu refaço, mas dificilmente acontece e se por acaso acontecer, eu mesma já sinto isto na hora em que fotografo.

HÁ PESSOAS QUE IDEALIZAM aparecer de uma determinada forma. Todos esperam ficar melhores do que são. Devemos ser o Pitanguy da fotografia. As imperfeições devem ser amenizadas, deixá-la mais à vontade é o ideal. Tudo é uma questão de ângulo, de luz e descontração.

TODO O TRABALHO DE ARTE DEVE SER RESPEITADO e nunca barganhado. O profissional é que sabe o valor de criação.

FOTOGRAFEI FORA DO BRASIL e me dei muito bem. Quando apresentei meus trabalhos o reconhecimento foi espetacular. Tive meus trabalhos publicados em algumas revistas.

FOTOGRAFAR NUS FEMININOS VIROU MODA. Algumas mulheres gostam de registrar sua beleza total, outras fotografam para presentear seus maridos e nada como uma profissional feminina para conseguir uma descontração total. Toda mulher tem o seu lado sensual e vai da habilidade do profissional encontrar o momento perfeito.

OS OLHOS FEMININOS SÃO SEMPRE MAIS CRÍTICOS que os masculinos. O conceito de beleza masculino é totalmente diferenciado, pois enquanto curvas acentuadas e bem delineadas enchem os seus olhos, a mulher gostaria de se ver mais como modelo fotográfico, mais magra, com menos curvas. Este é o conceito atual, regra não sei de quem. Toda mulher deveria aceitar-se dentro de sua estrutura física e de sua beleza interior.

A CRIANÇA É NATURAL. Fotografá-las é muitíssimo fácil. Toda expressão e descontração é captada pela câmera sem muita dificuldade. Compor uma foto infantil requer muita habilidade para não deixarmos a naturalidade que é própria da criança desaparecer.

O PROFISSIONAL PARA DESENVOLVER UM BOM TRABALHO não precisa de opiniões pois a imagem e execução já é prevista. A tranquilidade para executá-lo é imprescindível.

A POSTURA MASCULINA EM RELAÇÃO AO TRABALHO FOTOGRÁFICO é totalmente diferenciado do feminino. A vaidade é de todo o ser humano, mas o homem tem uma restrição em se mostrar como realmente é. Talvez o medo de se tomar vulnerável. A não ser que seja modelo profissional.

TODO O TRABALHO TEM QUE SER ESPECÍFICO. A comparação que faço é de um cirurgião plástico para um clínico geral. Meu trabalho é plástico. Reportagens e eventos deixo para os meus habilidosos colegas fazerem.

O PROFISSIONAL QUE MAIS ADMIRO, sem dúvida nenhuma é Sebastião Salgado, porque sabe captar o exato momento da realidade atual do mundo. Todo o profissional, independente da área em que atuam devem ser respeitados. É uma situação cultural. A maior habilidade não é fotografar, é simplificar a vida, sem babados e bordados.

 

STUDIO FOTOGRÁFICO

Rua Francisco Negrão 323

Tel (041) 3427 490

Curitiba – Paraná

Enviar por e-mail