Carregando...

Tania Mara Cunha Schaefer

Postado em

Oftalmologista, Tanta Schaefer é associada do Centro de Laser do Paraná e o Centro de Diagnose Oftalmológico do Paraná. Atua nas áreas clínica e cirúrgica, destacando-se pela especialidade em lentes de contato. Realiza cirurgias de câmara de interior, retrativas e cirurgias de catarata, glaucoma e estrabismo. É secretária-geral da Associação Paranaense de Oftalmologia e foi eleita membro efetivo do Conselho Fiscal da Unimed, em março deste ano. Também coordena a Comissão de Adesão de Novos Sócios da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato e Córnea. Suas atividades não param por aí:’ foi indicada para o Conselho Internacional de Ergoftamologia e é coordenadora do Serviço de Lentes de Contato da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

 

Considera fundamental que os profissionais acompanhem as evoluções dentro de suas especialidades. Tania ressalta o momento de globalização pelo qual passamos, em que, ao mesmo tempo que as coisas estão acontecendo mundo afora elas acontecem aqui, na nossa realidade cotidiana. É importante fazer parte dessa evolução e agregá-la à nossa profissão, seja ela qual for.

Em seu consultório, preocupa-se em oferecer aos pacientes um profissionalismo atualizado. Destaca a série de vantagens que a informatização trouxe para o ambiente de trabalho e acha importante ter conhecimento das novidades. Ela frisa, no entanto, que não basta ter noções superficiais sobre as novas tecnologias, também sendo necessário saber utilizá-las com propriedade.

A determinação, aliada a uma grande paixão pela Oftalmologia, tornou Tania, uma profissional centrada na eficiência dos serviços prestados, o que ela considera ser o seu principal marketing de trabalho. Ela explica que, na Medicina, o verdadeiro marketing é feito paciente a paciente, na qualidade de cada atendimento e no relacionamento saudável com o paciente. Acha que a melhor divulgação que se pode ter é a do trabalho bem-sucedido.

O resultado da dedicação dela é gratificante. Seu dia-a-dia é repleto de experiências marcantes, que se repetem cada vez que faz uma pessoa enxergar. Considera uma emoção muito bonita quando tira os óculos de um paciente e proporciona a ele mais qualidade de vida ou quando tira a catarata de alguém que, no dia anterior, era considerado incapacitado. São experiências que se renovam e que motivam o trabalho de crescimento dentro da sua especialidade.

Ela lembra, entretanto, que a Medicina evoluiu bastante, mas que os médicos não são onipotentes. Existem vários problemas oftalmológicos de difícil solução nos quais o profissional é impedido de melhorar ou resolver alguns casos e essa é a parte triste da profissão: a incapacidade de resolver algumas situações clínicas ou cirúrgicas.

Por isso, ressalta que o autocontrole é fundamental para todos aqueles que lidam com a Medicina. Ela conta que não é permitido aos médicos se envolverem demasiadamente com os momentos difíceis presenciados com alguns pacientes, já que é dever estar pronto e preparado psicologicamente para atender a todos. Essa é, segundo ela, a sabedoria médica.

Suas experiências de vida lhe mostraram que todas as pessoas que têm a oportunidade e a capacidade de exercer uma certa liderança acabam sendo fascinadas pelo poder. Assim, considera necessário que essas pessoas estejam muito bem preparadas para exercer o poder, um sentimento embriagador que se não for exercido com sabedoria pode ser nocivo. A mercantilização e a busca desesperada pelos bens materiais são ações complicadas, mas que infelizmente estão muito presentes em nosso cotidiano.

 

TANIA

 

Sou casada com o médico neurologista Murilo Schaefer, responsável direto pelo meu desempenho, quem me incentiva, apoia e impulsiona, e mãe de dois filhos que estão sendo bem-sucedidos nas carreiras que escolheram; ela é formada em Publicidade e ele está no quarto ano de Medicina e, por isso, acredito que tive êxito ao criá-los, mesmo com tantos afazeres profissionais. O importante não é a quantidade de tempo que dispensamos aos nossos filhos e sim a qualidade desse tempo.

A minha distração, entre trabalhos, pesquisas e o mestrado, é jogar golfe.

Um campo de golfe reúne todas as características que considero importantes para relaxar: paisagens maravilhosas, companhias agradáveis e, ao mesmo tempo, um espaço para se praticar uma atividade física.

Meu lado místico é bastante desenvolvido. Dou muita importância aos conceitos de espiritualidade. No meu modo de ver, os médicos têm dois caminhos: ou não acreditam ou por meio das provas científicas se aproximam mais de Deus. Acredito muito em Deus e uso isso no meu dia-a-dia, na minha relação com os pacientes.

Procuro aplicar aquilo em que acredito na minha vida profissional e na pessoal. Acho que temos que seguir um caminho evolutivo para nos aproximar de Deus e sigo esse princípio em todas as atividades que desenvolvo.

Gostaria de sempre saber conduzir a minha vida dentro de um padrão de humildade e sabedoria. Se conseguir isso, serei uma pessoa realizada.

Para o mundo: Eu diria que as pessoas se respeitassem e que usassem o limite da sua liberdade. É aquela velha história: ”A nossa liberdade termina onde começa a do próximo”. Também gostaria que cada pai cuidasse das suas crianças. Se o mundo fosse assim, os adultos não dariam tanto trabalho.

 

Dra. Tania Schaefer

Rua Getúlio Vargas 2932- 8° andar

80240-040

(41) 3433800 Curitiba -PR

 schaefer@hc.ufpr.br

www.schaefer.com.br

Enviar por e-mail