Carregando...

Replicas tem que ser cuidadas com carinho

Postado em

GIOVANNA TARQUÍNIO

Presença marcante, gestos precisos, Giovanna se expressa com segurança.
Depois de intensa busca, encontrou-se no trabalho que realiza fazendo dele um lazer. Casada há sete anos com o advogado Frederich Mark, tomou-se uma empresária de sucesso.
Trazendo sempre novidades para Curitiba,
já está ampliando seus negócios. Giovanna inova sempre.
É o seu modo de ser.

 

PERFIL- Sou leonina e vaidosa. Gosto de coisas bonitas. Não me considero ambiciosa. Sou feliz com o que tenho. Uso como lema a alegria e a simpatia. Dizem que sou generosa, humana e espontânea. Gosto de sair, de jantar fora, de ir ao cinema e de receber os amigos em pequenos grupos. Sou sonhadora, mas com os pés no chão. A vida é feita de sonhos. É para viver e ser feliz, temos mais é que sonhar. Defeitos? Difícil reconhecê-los. Mas admito que sou temperamental. Tenho personalidade forte com repentinas mudanças de humor.

FALHAS – O que falta no mundo é solidariedade.

A MULHER – Seria mais mulher se fosse mais humilde.

VIDA- Gosto da vida, do meu trabalho, da família, de dançar, de viajar e de tudo que seja alegre.

IDEIAS – Sempre me interessei por bijuterias. Mas as ideias ainda não haviam surgido. Montei uma confecção de roupas íntimas com uma amiga, mas não me senti realizada. No início de 95 fiz um curso de bijuterias e comecei a fazer algumas peças. Poucas, discretamente. Perfeccionista, sobrecarregava-me de trabalho. Mas a procura pelas minhas peças aumentou e fui em frente. Vendi até para algumas lojas, dentro do meu limite de produção. Sempre que ia a São Paulo ou Nova Iorque trazia novidades e ideias.

EXPANSÃO – Os negócios foram crescendo e abri uma loja. Fui corajosa, reconheço. Hoje frequento inúmeras feiras, a última foi na Itália, e trabalho com réplicas. Mudei-me para o Shopping Hauer e estou há dois anos no local com a Giovanna Tarquínio Bijoux e Acessórios.

MERCADO – Apesar de estar no mercado há apenas dois anos, já fui procurada para oferecer franquias. Como tudo está ligado ao meu nome, tenho que estudar com bastante cautela.

INVESTIMENTOS – Em Curitiba há um grande número de pessoas com alto poder aquisitivo. Elas podem adquirir, com certeza, as mais caras joias. Mas hoje não vale a, pena tal investimento. As réplicas são tão perfeitas que confundem até quem tem profundo conhecimento. São perfeitas para viagens, inclusive. Pois a vista é a mesma e o valor inferior a uma joia. Assim a pessoa: fica num hotel ou embarca em um navio sem maiores preocupações.

FUNDAMENTAL – Para o produto ser conhecido, bom gosto e preços acessíveis são pontos importantes. Propaganda é a alma do negócio. A propaganda boca a boca é necessária; funciona. Além desses dois pontos, a simpatia do atendimento, fazer com que as pessoas se sintam em casa, muito à vontade.

LINHA-Tenho peças para todos os gostos, a linha extravagante, a linha mais delicada para diversas situações. Trabalho também com bolsas e acessórios.

DURABILIDADE – Há peças aqui que podem durar uma vida inteira, com cuidado. Bijuterias ou réplicas tem que ser cuidadas com carinho.

CLIENTE – Aqui na loja entram mais mulheres, mas os homens também procuram a nossa mercadoria para presentear a esposa e geralmente perguntam o que a mulher gosta mais. Considero todos os clientes excelentes, porque além de retribuir a atenção que damos a eles, são pessoas que entendem e admiram as peças, mesmo que não comprem no exato momento.

PAIXÃO – As coisas na vida só dão certo se você tiver paixão. As vezes saio à noite apenas para olhar a vitrine da loja. Também não tenho horário para trabalhar. Adoro o que faço e aprendi a conhecer os gostos das minhas clientes. Então as vendas são certas.

MODA-·Trouxe a linha Evita e as joias do Museu Britânico. Apesar de serem réplicas mais caras e mais elaboradas, são exclusivas.

PARCERIA- Faço parceria com as minhas clientes.

CABEÇA – Duas coisas fazem a minha cabeça: coisas bonitas e pessoas sinceras.

Enviar por e-mail